+55 19 3417.1766

Logotipo RÁDIO DIFUSORA

RÁDIO DIFUSORA

A Rádio Difusora foi fundada em 12 de outubro de 1933, como Rádio Clube, por João Sampaio Góes. A programação de inauguração foi das 8 da manhã até as 11h30 do dia seguinte e consistia de cumprimentos de amigos e mensagens do comércio e entidades locais. As festividades contaram com apresentação de orquestras, bandas e cantores. Ela foi uma das primeiras emissoras fundadas no Brasil.

Em 1944, trocou seu nome para Rádio Difusora, que permanece até hoje. Em 1950, o casal Aristides e Maria Conceição Figueiredo, que tinha uma rádio em Uberlândia (MG), comprou a estação, pois João Góes achava que a televisão iria acabar com o rádio. Com nova filosofia administrativa, a Difusora foi conquistando espaço e ganhando cada dia mais anunciantes, pois a publicidade até então praticamente inexistente na emissora, passou a ter atenção especial da diretoria que assumiu.

Nessa fase, a Difusora passou a movimentar mais sua programação, com a implantação de rádio-novela, novos programas de auditório e grandes shows com orquestras e artistas famosos da Rádio Nacional, como Nelson Gonçalves, Marlene, Ângela Maria, Emilinha Borba, Carlos Galhardo e outros.

Em 1962, faleceu Aristides Figueiredo, um dos maiores idealizadores do rádio piracicabano, que há 12 anos comandava a estação, deixando a direção da Difusora nas mãos da esposa, Maria Conceição Figueiredo, que com determinação fez a emissora crescer ainda mais. Após três anos sozinha à frente da rádio e sem filhos, convidou sua sobrinha e afilhada Maria Conceição Pippa e seu noivo José Roberto Soave para ajudá-la na administração.

Assim, em 1965, a estação iniciou a fase sob o comando de José Roberto Soave. Com um trabalho sério e grande capacidade administrativa, investiu bastante nas transmissões de jogos e no jornalismo, que era sua paixão. Soave deu maior dinamismo à emissora, transformando-a, gradativamente, em uma rádio voltada à prestação de serviços à comunidade, visto que, a partir da década de 70, os shows de auditório começaram a se extinguir e as rádios tiveram que encontrar uma nova maneira de atrair a atenção do ouvinte. E o jornalismo foi um delas.

O maior feito de Soave na emissora foi a implantação da freqüência modulada (FM), em 1977, outro pioneirismo da PRD-6. Após visitar estações FM nos Estados Unidos, ele importou todos os equipamentos, implantou a FM aqui e aproveitou, na mesma época, para substituir e modernizar toda a aparelhagem da AM. E a difusora tornou-se, mais uma vez, referência para todo o interior de São Paulo e até para outros Estados, que vinham à Piraciaba para conhecer aquela inovação antes de implantar o mesmo sistema de transmissão. Com essa nova aquisição - FM 102,3 Mhz -, um novo estilo de programação foi incorporado a ela.

A estação, a única da região, virou referência para a comunidade jovem que surgia, pois sua programação seguia o padrão americano, numa verdadeira revolução para a época. Em 1997, ocorreu o falecimento de José Roberto Soave, que dedicou 33 anos de sua vida à Rádio Difusora, levando o nome de nossa cidade para além dos limites de São Paulo. Esse período foi marcado pelo pioneirismo, arrojo e pela visão administrativa do grande empreendedor José Roberto Soave.

Fachada RÁDIO DIFUSORA
Empresa: RÁDIO DIFUSORA
Atividade: SERVIÇO COMUNICAÇÃO
Telefone Fixo: (19) 2105-6611
Endereço: PÇA. JOSÉ BONIFÁCIO, 815 - CENTRO - PIRACICABA - SP - CEP 13400-340
Site: http://www.portaldifusora.com.br

Todo o conteúdo desta página foi fornecido à ACIPI pela empresa RÁDIO DIFUSORA, portanto a ACIPI não se responsabiliza por ele.

Se você é proprietário desta empresa e deseja alterar esses dados, utilize a área do associado.

Localização

Abrir mapa em nova janela

Campanhas Promocionais Escola de Negócios Certificado Digital Plano de Telefonia Móvel SicoobCocre Convênios médicos SCPC Jucesp Cobranças